sábado, 27 de abril de 2013

caderno de apuntamientos / caderno de apontamentos


15.
anque nun acradites an nahun dius ou relegion, cumo ye l miu causo, percisas de tener fé: sien essa eirracionalidade, ye cumo se stubiras muorto i nada alhá de l die d'hoije passasse: an quei tener fé? essa ye ua scuolha que tenes de ser tu a fazer.

//

15.
ainda que não acredites em nenum deus ou religião, como é o meu caso, precisas de ter fé: sem essa irracionalidade, é como se estivesses morto e nada passasse além diod dia de hoje: em quê ter fé? essa é uma escolha que tens de ser tu a fazer.


2 comentários:

guerreira xue disse...

A fé ainda é a religião que mais salva. Por isso que tenho bastante, fé em mim e no próximo também, coisa raríssima nos dias de hoje.
Gostei muito. :-)

Amadeu disse...

Obrigado guerreira xue, é isso mesmo que penso. :-)