domingo, 12 de maio de 2013

cadernos de apuntamientos / caderno de apontamentos


32.
queixas te de soledade, cun dezir que caminas sien naide al lhado, mas squeces que siempre caminamos solos: tener alguien al lhado nun fasta la soledade, solo puode ajudar a aguatá la melhor, puis naide puode andar por ti l tou camino.

//

queixas-te de solidão, dizendo que caminhas sem ninguém ao lado, mas esqueces que sempre caminhamos sós: ter alguém ao lado não afasta a solidão, apenas pode ajudar a suportá-la melhor, pois ninguém pode andar por ti o teu caminho.


1 comentário:

guerreira xue disse...

Sim e alguns são tão sós, que pensam que nunca vão encontrar quem os conforte no caminho mais triste da jornada.